sábado, 30 de janeiro de 2010

Olhos vedados pelo amor


Não consigo enxergar a realidade
Não consigo ver que você me machucou
Hoje sei que não é possível
Mas amanhã será?

Esqueço promessas
Esqueço histórias
Esqueço as vezes que me fez rir
Esqueço a ajuda que te dei

Mas não consigo te esquecer
Você me cega
Vedo os meus olhos com o meu amor
E a culpa é minha

Olho para o céu e nas nuvens vejo nós dois
Na verdade sou só eu e ao lado meu coração
Que já não faz mais parte de mim
Agora ele é um órgão doado a alguém

Sou apaixonada
E estou também
Canso ao esperar o seu amor
Eu preciso de um alguém

Que me faça bem, que me faça rir
Que me faça realmente feliz
Não preciso de ninguem
Eu quero esquecer

Um comentário:

Somos gratos pelo seu comentário, comente sempre, isso nos ajuda a saber nosso progresso na escrita.

Obrigado