terça-feira, 6 de julho de 2010

Sensível




Sensível é ter o poder
Que eu tenho em minhas mãos
De poder te convencer
Do que eu disse que não

Ao tentar acordar cedo
A tarde vejo a ilusão
De contar o meu segredo
E sentir abnegação




By @ecumeno

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos gratos pelo seu comentário, comente sempre, isso nos ajuda a saber nosso progresso na escrita.

Obrigado