sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Pena.




Aprendi a ser cético, não acredito mais em teorias.
Talvez o tempo desgaste mesmo até a rocha mais resistente.

Aprendi muito com meu passado mas o consulto raramente... não choro mais pelo o que acabou mas apenas sorrio porque aconteceu.

Cansei ficar esperando que tudo volte a ser como era antes
Ainda frequento os mesmos lugares... mas não vejo nenhum traço do meu passado
Não estamos ficando mais jovens, e não vou ficar olhando pra trás porque não tem mais cabimento. Passou da hora de seguir em frente.

Eu tentei não ficar pensando muito quando as fantasias finalmente viressem realidade. Bem quanto a mim... eu me poupei abrindo meus olhos logo no ínicio. Não estou ficando mais jovem, o tempo está passando... não vou esperar mais que as coisas simplesmente reaconteçam.

As melhores mentiras são ditas com os dedos cruzados.
Cruzei com muita força.

E o tempo não parou, e eu não vivo dentro de um quarto.
Eu tentei, mas sei que não preciso... não vou me desculpar porque ninguém tem tempo pra sentir pena............................................. e muito menos eu.


By: @Joaokr

Um comentário:

Somos gratos pelo seu comentário, comente sempre, isso nos ajuda a saber nosso progresso na escrita.

Obrigado