sexta-feira, 22 de outubro de 2010

A pessoa que eu gosto

A pessoa que eu gosto é muito engraçada
Ela é doida, fofa um tanto quanto pirada
Queria escrever que não a entendo
Mas nunca entendi ninguém tão bem

Posso estar mal, o pior que for
E só de ouvir sua voz, já melhoro
Necessito ouvir sua voz todos os dias antes de dormir
Preciso de você aqui!

Hoje você vem?
Agora me conte algo que eu não sei
Ou não fala nada
Só ouvir sua respiração pra mim já basta

Ela é muito irritante, muito, muito, ninguém me irrita tanto
Só ela me faz respirar fundo, eu suspiro por ela, perco o ar.
Me pega, me aperta, me beija, agora espera...
...Faz de novo e de novo e de novo


Te odeio como nunca odiei ninguém, um odiar a quase amar, quase!




@emudado by Jessica Mota

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos gratos pelo seu comentário, comente sempre, isso nos ajuda a saber nosso progresso na escrita.

Obrigado