sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Conclusões de uma vida estranha

Eu sei de tudo que acontece comigo!
Será que sim? Será possível alguém saber tudo sobre si mesmo?

Bom eu não acho, não sei se posso generalizar, mas falo por mim, falo porque sei que não me conheço, falo porque não tenho total certeza do que sou ou do que quero, mas isso é bom não é?
Eu considero.
Porque quem tem muitas certezas se limita a um mundo quadrado e fechado, eu não quero viver em um "mundinho" só meu, sou aberta para mudanças e mudo constantemente.

(...)




by @emudado Jessica Mota

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos gratos pelo seu comentário, comente sempre, isso nos ajuda a saber nosso progresso na escrita.

Obrigado