segunda-feira, 19 de março de 2012

500 cartas para ela - Dia 24 - A primeira carta depois da última


Querida N. P


É engraçado escrever agora, é diferente...


Peço desculpas se as cartas que virão, inclusive esta, não possuírem tanto amor quanto as que já foram. Digo isso apesar de achar que o sentimento será o mesmo, mas outro. Fingirei que você jamais lerá estas cartas, visto que assim me sinto menos intimidada. Confesso que sim, elas me fazem muito bem.

Noite passada eu passei com você e me senti tão ótima por assim ter sido, meu coração esteve confortado por algumas horas como nunca esteve durante 21 anos. Bem, por ontem ter sido o meu aniversário, considero como um presente e agradeço, obrigada.
Foi tão bom e tão quase perfeito que até sonhei com você, mas o sonho se fez muito engraçado pelo fato de eu não poder te ter nem nele. Talvez fosse um sinal.

Hoje toda música que eu ouvi me fez lembrar meu sentimento por você, escreverei uma agora e deixarei outras para as cartas futuras.


Coisa linda (Nando Cordel) Modificada


Se você deixar eu te dou carinho, dou meu endereço e meu telefone, se você quiser te dou meu coração.
Se você me aceitar, dou tudo que é meu, dou o meu sorriso e dou a minha vida, eu faço qualquer coisa por esta paixão.
Quando eu te vi fiquei encantado e o meu pensamento anestesiado, sentindo um forte desejo quase sem fim.
Mergulhei de vez na felicidade, perdi o controle e fiquei a vontade, deixei que o amor acordasse em mim.


Teu olhar me provoca, me queima, me faz delirar.



Com muito amor e carinho
Jessica Mota

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos gratos pelo seu comentário, comente sempre, isso nos ajuda a saber nosso progresso na escrita.

Obrigado