terça-feira, 20 de março de 2012

500 cartas para ela - Dia 25 - Por que você?


Querida N.P

Jamais esquecerei a entonação que você fez ao dizer:  Por que eu?

Sabe, é uma ótima pergunta e na hora que você a fez eu poderia ter aproveitado para proferir uma longa declaração, porém o fato é que nem eu sei o porquê.
Olhando para trás tento enxergar, mas não vejo nada. Às vezes até consigo pensar em motivos para não te querer e algumas outras tantas vezes só o seu olhar já me faz apagar tudo. Todos os sonhos, todas as paredes, todas as pessoas, os compromissos, as perguntas, tudo some porque tenho o seu olhar olhando em minha direção, olhando no fundo dos meus olhos, isso sempre me faz perceber que não preciso de mais nada.  O meu sentimento por você é muito estranho e talvez essas cartas o tenham deixado mais intenso, não me pergunte por que, aliás, tente não fazer essa pergunta quando se trata de sentimentos, pois não há respostas.
Seria muito fácil eu dizer que você foi a escolhida porque é linda, inteligente e eu te admiro muito, mas não é isso, é mais, é impalpável, é sublime entende? Nem eu entendo, só quero que saiba que eu não sofro, não aparentemente, eu não choro por você, nunca chorei, apenas sinto algo lindo e perfeito dentro de mim que se talvez fosse vivido não seria tão bonito.

Com amor
Jessica Mota

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos gratos pelo seu comentário, comente sempre, isso nos ajuda a saber nosso progresso na escrita.

Obrigado