sexta-feira, 9 de março de 2012

Amor de comer.

O amor poderia ser comestível
Assim eu poderia comer sempre que eu quisesse
Me empanturrar...
E se desse dor de barriga

Era só cagar!

Fim


João.

Um comentário:

  1. João, esse foi o melhor poema de amor que eu já li! Hahaha

    ResponderExcluir

Somos gratos pelo seu comentário, comente sempre, isso nos ajuda a saber nosso progresso na escrita.

Obrigado