quinta-feira, 16 de agosto de 2012

O amor é algo totalmente destrutivo.
Como um sentimento tão fascinante e requisitado pode ser tão massante?

Porque o amor é quase sempre impossível?
Porque alcançá-lo parece tão difícil e quando alcançado muitas vezes se mostra irreal?

Porque eu te amo de modo incansável e me destruo por dentro?
Porque eu te amo se mal sente o que eu sinto, se mal sabe que sinto?

Porque eu te amo se não sentes o mesmo? Não posso lutar por algo inexistente.

João.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos gratos pelo seu comentário, comente sempre, isso nos ajuda a saber nosso progresso na escrita.

Obrigado