segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Dela

O quê mais aflige meu coração
É pensar: Mas por quê Não?
Faz-me achar que não tenho capacidade
E o problema é que eu não sei nem da metade
Da história provocada por falta de seriedade
Falta de sinceridade para com o meu amor

Boto capricho
Me enrabicho
Tento esquecer

Mas quando te vejo em minha frente:
- Seria tão melhor não te ver

Eu enraiveço
Penso, eu mereço?
E não te esqueço

Dá vontade de gritar bem alto que não te quero
E dá mais vontade ainda de não te querer de verdade

Eu NÃO te necessito
NÃO te preciso
FINJO! Minto?

Desculpa alguma é desculpa suficiente para
Arrancar-me nem que seja uma frase
Calo-me, sufoco-me
Não que eu ache que tu não mereças ouvir minhas palavras
Mas tu não mereces ouvir minhas palavras

Jessica Mota

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos gratos pelo seu comentário, comente sempre, isso nos ajuda a saber nosso progresso na escrita.

Obrigado