quinta-feira, 29 de novembro de 2012

30 dias, um sentimento - dia 04, primeiras impressões.

Olá.

Escrevo-te para saber as primeiras impressões que tive de você.

Que difícil pensar.

A primeira de todas elas: Achei você muito jovial para sua verdadeira idade.
Sim, essa foi a primeira impressão de todas. Não é tão legal assim, mas era a PRIMEIRA VEZ QUE EU TE VIA NA VIDA!

As próximas impressões...

Eu simplesmente passei a te admirar pela sua beleza natural. Sua voz, seu jeito, sua aparência, foram coisas que me chamaram muita a atenção, mas percebi que você tinha todas as qualidades para se sentir a pessoa mais segura do mundo, porém era tão insegura... tão insegura de não sentir segurança inclusive naquilo que falava nas conversas. 
Lembro-me que durante os curtos 4 meses que convivemos, em uma das duas ou três conversas de meio minuto que tivemos, te comparei com uma terceira pessoa e nos raros dias em que nos encontrávamos percebi que você se desfazia indiretamente dessa terceira pessoa que eu disse. Devo admitir que fiz de propósito porque eu sabia que vocês duas trabalhavam com a mesma coisa. Quis testar seu instinto competitivo frente à sua insegurança desmedida.

Enfim, que carta mais confusa. Pra falar a verdade não me lembro das primeiras impressões que tive de você. 
Só sei que você é em potencial uma das pessoas mais incríveis que já conheci. Sorte daqueles que convivem com você todos os dias............ :/

Até a próxima correspondência.

att.

João.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos gratos pelo seu comentário, comente sempre, isso nos ajuda a saber nosso progresso na escrita.

Obrigado