terça-feira, 4 de dezembro de 2012

30 dias, um sentimento - Dia 09, O carro de faz de conta.

Hoje pensei em te escrever um poema... bem, não é bem um poema... poemas costumam carregar palavras mais inteligentes e mais beleza que só uma pessoa com o dom para escrever possui... queria ter esse dom... então leia como um texto... ou simplesmente como palavras alheias... mas lá vai:

Você se foi como um carro desgovernado
A mais de 100 por hora, ultrapassando pelo acostamento
Naquele dia meu coração bateu ao som de sua buzina
Todo meu sentimento, apenas nos meus ombros

Hoje não tenho mais nada, a não ser um sentimento em vão
E todas aquelas fantasias não tem mais fundamento
Mas meu coração pede mais uma dose
Mas terei de forçar a ele uma abstinência

(Para seu [meu {nosso}] bem)

Da melhor parte de mim, um dia você foi a mais incrível
E hoje você é só mais um sentimento à se esquecer.


João




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos gratos pelo seu comentário, comente sempre, isso nos ajuda a saber nosso progresso na escrita.

Obrigado