domingo, 2 de dezembro de 2012

30 dias, um sentimento - Dia 7 - Entendo

SD,

Eu realmente entendo as pessoas que "pegam" as outras... É assim que é né... A gente quer ficar, dai a gente fica. É isso e as vezes é só isso.
Falo disso pois estava conversando com um amigo meu... E disse a ele:

Cara, é impressionante o quanto é difícil  a gente ficar com a pessoa que a gente gosta neh!? E é mais impressionante ainda o quanto é fácil essa pessoa ficar com a gente.

Porra, óbvio! Quem é que quer perder uma oportunidade? Quem é que vai arriscar se fazer de difícil?

Não eu.

E é nessa hora que ligo a ponta de um pega casual com a ponta do meu amor. Caralho, eu sou romântica. Já me convenci disso e quem não sabe é por quê não me conhece. Eu não fico por ficar, mas até já fiquei... Se a pessoa for interessante e insistir... Quem não fica? Porém, eu costumo encostar meus lábios apenas nos lábios de quem eu gosto e sinto atração. Faço isso porque o beijo sai melhor. Vai tudo em uma troca de saliva. Vai amor, vai paixão, carinho, sedução, vai paz, vontade... É uma entrega completa. O beijo é muito importante para mim.
Mas quando vejo o meu amor em um pega casual... Não me sinto feliz. Manja aquilo de antes um beijo do que nada? Hoje posso dizer com toda a certeza, que não é o que desejo pra mim. Prefiro nada.

Mas eu entendo. Entendo que a carne é fraca e as pessoas são volúveis. Já disse: Antes elas fossem solúveis e eu pudesse misturá-las em meu café. Antes fossem...

Esta é só uma carta para dizer que entendo.


(Isso tudo não é uma indireta, é apenas o que eu sinto agora. Sobre as pessoas e o amor.)

Com amor,
Jessica Mota

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos gratos pelo seu comentário, comente sempre, isso nos ajuda a saber nosso progresso na escrita.

Obrigado