domingo, 23 de dezembro de 2012

Em resposta as suas palavras

Mais de um mês depois de quando você me contou, estou eu aqui para tentar externar um pouquinho do que sinto. Em resposta as suas palavras...

"É... me desculpe se por meros instantes, as escondidas,
eu contemplei-te em segredo
enquanto cruzávamos corredores
com pessoas estranhas
e em instantes cheios de risos
eu me via totalmente boba"

Não tenho por que te desculpar, muito pelo contrário. Tenho que te agradecer por fazer crescer em mim, um sentimento tão bonito, tão florido, tão constante e maciço.
O que mais me impressiona é que nasceu algo sobre nós em completa sintonia, como se, enfim, estivesse tudo em seu lugar. Estranho né!? Como se tivesse acontecido na primeira troca de olhares, como se fosse a pessoa certa, aquela pra vida inteira que a gente pensa ser inexistente. Lindo é, porém, seria muito fácil se além de lindo, não fosse nada complicado.

Manja aquela mina que dorme todo dia pensando em você? E que acorda todo dia pensando em você?
Essa mina sou! kkkkkkkkkk

"Acho que nada mais que eu diga agora,
ou escreva,
vá te fazer ficar..
Mas também não quero estragar sua vida
pedindo para que você fique.."

Ei, já te disse: Eu não vou a lugar nenhum! Pelo menos a lugar nenhum que você não esteja. Pois seja onde estiver, eu estarei com você. Mesmo que fisicamente eu não possa, sempre estarei contigo espiritualmente. E mesmo que você não me veja, eu estarei te olhando, te protegendo e lendo cada palavra sua. Adoro suas palavras.

"Mas enfim... Se um dia chegar a ler essa carta.. Me desculpe por todas as merdas que te fiz passar..
Duvido que você vá fazer quaisquer comentários disso... Duvido mesmo.. Mas eu ficarei esperando.. Ficarei esperando até poder esquecer.."

Duvidou, dançou! rs
Nossa, quantas merdas que você me fez passar em... Quase zero! Você só fez uma coisa que eu realmente não gostei e você sabe o que é. Sei que teve seus motivos para desacreditar. Mas eu esperava que você me dissesse que tudo iria ficar bem e não para que eu não tivesse mais esperanças... Eu quase fiz uma grande besteira naquele dia. Você não imagina como fiquei, nem eu gosto de lembrar.
Mas tudo bem, o importante é que todas as vezes que você me animou, me confortou e disse que tudo daria certo, superam essa única vez de desespero.

Eu nunca quis que você esquecesse nenhum segundo que passou comigo e nunca quis esquecer. Também não queria que lembrasse a todo momento, para que não sofresse, mas queria que pudesse lembrar depois de uns meses e se pegasse sorrindo e agradecendo por tudo ter acontecido.
Eu não prometo que ficarei pra sempre e nem quero que prometa, mas enquanto você quiser, eu estarei ai contigo. Estarei em suas noites e madrugadas, te acompanhando em sonhos, segurando suas mãos num apertar completamente confortante de uma eterna paixão.

"Hoje eu só quero você
Quero que você não diga nada,
pegue minha mão,
e me leve para um lugar qualquer
longe de todos,
e diga que só queria ficar perto de mim"

Sempre que estou conversando contigo, me transporto para um lugar bem longe de todos, um lugar onde sinto que não estou fazendo nada de errado, que pessoa alguma se importará por eu estar conversando com você. Um lugar no qual podemos nos olhar e nos tocar e ninguém deseja nosso mal, mas ninguém deseja nosso bem, pois naquele lugar, além de nós não existe mais ninguém. E eu posso ouvir sua voz mansa e ver o jeito que você sorri com vergonha e olha pra baixo ao mesmo tempo. Posso te pedir para contar minhas costelas e chegar mais perto. E você pode fazer o que quiser. Nesse lugar você tem as asas que tanto quer e voa pra lá e pra cá. Voa de mãos dadas comigo e não sai, nem por um momento, de perto de mim. 

Quero estar contigo e que você esteja comigo, mesmo que, por maldição, jamais possamos nos encontrar ou nos falar novamente.


Jessica Mota

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos gratos pelo seu comentário, comente sempre, isso nos ajuda a saber nosso progresso na escrita.

Obrigado