quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Masturbação Mental - Dia 8 - Dos tantos mundos



Estive a pensar, logo hoje cedo quando não conseguia dormir de jeito nenhum, olhei para a luz que entrava por baixo da porta. Quase oito da manhã e nada de sono. Olhei para a sombra no teto, para luz na janela. E de sombra em sombra, de luz em luz, me veio um pensamento: Vai ver que quando a gente morre, a gente vai, na verdade, viver em outro mundo. Um mundo com menos problemas do que esse, ou mais. Talvez a gente vá com todas as nossas memórias, mas elas só devem aparecer em sonhos. Assim como os sonhos que temos de noite em noite. Vai ver são eles vivências de outras vidas. Ataque zumbis, alienígenas, unicórnios, dragões, vampiros. Todos existem de fato e possivelmente já os vimos a poder tocar.

Acho que o próximo mundo, para o qual vamos, vai ser pra vivermos junto com as pessoas que admiramos mortas, nessa vida. Viveremos com Cazuza, com Janis Joplin, com Serguei, (mesmo ele estando vivo, queria vê-lo pegando a Janis) com Drummond, Kurt Cobain, Renato Russo, Marilyn Monroe, Ayrton Senna, Carmen Miranda. Viveremos com outros tantos. Vai ser legal.

E de mundo em mundo amadureceremos nosso amor. Poetas são pessoas de coração sensível, de amor sofrido. Bom... Que a vida seja leve, mas não breve. Espero ver todos vocês em outros mundos. Quem sabe isso de admirar a palavra também conte. Isso de amar com alma. Se for assim, nos veremos.

Até breve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos gratos pelo seu comentário, comente sempre, isso nos ajuda a saber nosso progresso na escrita.

Obrigado