quarta-feira, 9 de outubro de 2013

O diário de um banana - Nada segue seu script imaginário

Criar grandes expectativas, esperanças, acreditar na conspiração favorável do destino, contentar que os fracassos são uma proteção do universo que te guarda algo melhor. Minha ruína.

Sempre criei grandes expectativas sobre coisas ou pessoas. E no fim, grandes eram apenas as expectativas mesmo.

Acreditar que o universo vai me dar a chance que eu quero, ou que ele colocou alguém em minha vida para ajudar a alcançar o que almejo, isso sempre foi algo intenso...

As coisas não vieram, algumas sim, em geral não do modo que imaginei... as pessoas se foram, e levaram com elas toda admiração e expectativa nelas depositadas. Elas não tinham mesmo alguma responsabilidade para comigo.

Tenho que aprender a aceitar a vida da maneira que ela se molda, se constrói... Fracassos e vitórias virão, mas não podem ser esperadas a partir de algo que não depende de você.

Mas ainda espero que exista um destino conspirador que neste momento esteja conspirando para que eu pense essas coisas e que me coloque várias coisas e pessoas boas na minha vida que me ajudem sempre a alcançar aquilo que busco.

JOÃO.

Neste singular momento.

Neste exato momento em particular, esta música traduz exatamente o que sinto:
Eu espero um dia conseguir conviver com as minhas expectativas sobre as coisas e as pessoas.

O Tempo - Fake Number

Eu costumava ter tudo no lugar
Sabia sempre o que fazer
em poucas horas
As coisas começaram a mudar
E os segundos passando como não
deveriam passar

Então parece que o tempo parou
É tão estranho levantar e
ver que nada mudou
Os dias são sempre iguais

O telefone não toca,
A agonia sufoca
Eu não aprendi a esperar
Embora pareça inalterado pelo tempo

Os meus pensamentos fazem tudo mudar

Então parece que o tempo parou
É tão estranho levantar e ver que nada mudou
Os dias são sempre iguais

Já me disseram que não é tão fácil assim aceitar
Que é preciso
aprender e passar por coisas ruins
Coisas que não te deixam tão bem assim


JOÃO.