quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

As estrelas brilham diferente hoje à noite
Todas muito silenciosas, tão sozinhas
A lua ilumina esse chão apático essa noite
Nenhuma sombra a vista
Um reino de silêncio, e parece que sou o rei

É engraçado como o silêncio faz nossos pensamentos parecerem mais claros
E as lembranças que me incomodavam não parecem mais assustadoras
Aqui no escuro da noite, eu consigo respirar
Eu poderia chamar a luz, mas eu quero ficar mais um pouco

Eu me vou
O silêncio nunca me incomodou mesmo

Ficando quieto, fazendo minhas escolhas
O passado fica para trás
Enterrado no silêncio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos gratos pelo seu comentário, comente sempre, isso nos ajuda a saber nosso progresso na escrita.

Obrigado